Histórias do Saneamento

Histórias do Saneamento Leia o livro. direto no seu navegador. Baixe o livro. da existência em formato PDF, TXT, FB2 no smartphone. E muito mais em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
DIMENSÃO
7,37 MB
NOME DO ARQUIVO
Histórias do Saneamento.pdf
ISBN
4969802997070

DESCRIÇÃO

Este livro, feito em colaboração com o Instituto Samuel Murgel Branco (ISMB), traz um apanhado satisfatório da “história do saneamento”, que, desde o longínquo tempo das primeiras civilizações até os dias atuais, é bastante rica e possibilita que diversos trabalhos sejam escritos sobre ela. O que o leitor encontrará aqui não é uma linha do tempo completa da trajetória do saneamento pelos caminhos que desembocaram em seu atual sistema; algo assim seria impossível de realizar em tão poucas páginas. Ademais, o objetivo principal desta obra, desde o início, foi outro: realizar um trabalho de descortinamento de apenas alguns fatos marcantes da história do saneamento, bem como da íntima relação deles com a saúde pública. Em 1997, foi publicado o livro Fatos históricos do saneamento, que serviu de base e de impulso para a escrita deste. “Histórias do saneamento” visa realçar o quão importante é o desenvolvimento do saneamento para que as pessoas tenham uma qualidade de vida elevada e para que a cidade seja “saudável”, conceito cuja adoção aqui é defendida. O fato de a relevância do saneamento nem sempre ser reconhecida em sua real dimensão é um problema que pode começar a ser resolvido com atenção a aspectos fundamentais que este livro aborda e que serão explanados já em seu prefácio.

O que o leitor encontrará aqui não é uma linha do tempo completa da trajetória do saneamento ... Na capital, o primeiro chafariz foi construído em 1744. No período colonial, ações de saneamento eram feitas de forma individual, resumindo-se à drenagem de terrenos e instalação de chafarizes.

Hoje falaremos um pouco sobre a primeira rodovia pavimentada do Brasil. A Câmara Municipal de Constância aprovou por unanimidade manter os valores do tarifário de água, saneamento e resíduos para 2021, mas a fatura final do consumidor vai acabar por subir. É que o Município é obrigado por lei a cobrar a taxa de gestão de resíduos e a taxa de gestão dos recursos hídricos e estes aumentam a nível nacional. É com histórias como essa que a Paranaguá Saneamento comemora o Dia do Cliente nesta terça-feira, 15 de setembro.

LIVROS RELACIONADOS