Por Que A Terra É Como Um Quebra-cabeças? - e Outras Curiosidades Sobre o Nosso Planeta

Por Que A Terra É Como Um Quebra-cabeças? - e Outras Curiosidades Sobre o Nosso Planeta - Taylor,Barbara | Tagrny.org PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Taylor,Barbara
DIMENSÃO
10,66 MB
NOME DO ARQUIVO
Por Que A Terra É Como Um Quebra-cabeças? - e Outras Curiosidades Sobre o Nosso Planeta.pdf
ISBN
2076896434900

DESCRIÇÃO

Alguma vez você já se perguntou por que o pôr do sol é vermelho? Você está preocupado com as mudanças das estações, ou confuso com a aparência de um arco-íris? Coisas bizarras, desconcertantes ou simplesmente estanhas acontecem no mundo ao nosso redor o tempo todo. Conheça alguns dos grandes mistérios da vida com este livro que usa a ciência para explicar fatos da vida cotidiana. Divertidas ilustrações complementam o texto e o tornam ainda mais fascinante. Conheça a ciência e os fenômenos naturais de uma forma interessante e diferente!

Sua posição em relação ao Sol é um dos principais motivos para a existência de vida e para a existência de água ... O planeta Terra, na verdade, não é exatamente redondo, ou seja, ele não forma uma esfera perfeita.O mais correto é dizer que ele possui um formato geoide, mais próximo à forma de uma elipse, o que se explica em razão do achatamento do planeta nos polos em função do movimento de translação.. Mas por que a Terra é redonda? A Terra, assim como os demais planetas do universo, possui ... Por Que a Terra e Como Um Quebra-cabecas?: E Outras Curiosidades Sobre o Nosso Planeta [Kingfisher, 0] on Amazon.com.

Por Mega Curiosidades 23 de maio de 2016 Enquanto mundos alienígenas podem agarrar a imaginação mais do que o planeta Terra, a nossa casa também é espetacular, com climas e fenômenos naturais fascinantes. O núcleo da Terra, na verdade se divide em núcleo interno e externo, sendo que o primeiro é composto por uma liga de ferro e níquel no estado sólido e tem um raio de aproximadamente 1.370km a uma temperatura de no mínimo 3.500 K. O segundo, núcleo externo, possui a mesma composição porém em estado líquido e tem cerca de 2.100 km.

LIVROS RELACIONADOS