Degradação e Resgate do Direito do Trabalho - Contributos Para Uma Doutrina Constitucional De Defesa De Direitos

Degradação e Resgate do Direito do Trabalho - Contributos Para Uma Doutrina Constitucional De Defesa De Direitos - Genro,Tarso Viola Coelho,Rogério | Tagrny.org Temos o prazer de apresentar o livro. . Baixe o livro. em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Genro,Tarso Viola Coelho,Rogério
DIMENSÃO
6,76 MB
NOME DO ARQUIVO
Degradação e Resgate do Direito do Trabalho - Contributos Para Uma Doutrina Constitucional De Defesa De Direitos.pdf
ISBN
1468920576328

DESCRIÇÃO

"Os artigos que compõem este livro são fruto de intensa discussão e estudo sobre as alterações introduzidas pela Lei n. 13.467/2017 na legislação brasileira. Os autores objetivam contribuir no debate doutrinário sobre alguns dos aspectos da reforma trabalhista, sugerindo alternativas de resistência e interpretação da legislação reformada, com base na aplicação dos princípios constitucionais.As mudanças trazidas pela reforma não ficam restritas às relações de trabalho. O próprio caráter da democracia social brasileira se moldará também – e muito – pelos resultados que advierem dos debates sobre os temas que a obra aborda, dentre outros.A coordenação deste livro esteve a cargo de Tarso Genro, advogado com diversos livros e ensaios na área do Direito do Trabalho, tendo trabalhos publicados em diversos países, e Rogério Viola Coelho, advogado reconhecido nacionalmente, autor de diversos estudos sobre as relações de trabalho, com longa experiência na assessoria jurídica de entidades sindicais.A flexibilização do trabalho representa a redução, e eventualmente completa erradicação, da normatividade incidente nas relações de trabalho. Significa dizer que as normas trabalhistas oriundas de fontes heterônomas (impostas pelo ente estatal) não devem ser aplicáveis a certas relações de trabalho. O Estado fica alijado deste poder regulamentar, prevalecendo a autocomposição entre o ofertante e o demandante da força de trabalho. A autonomia da vontade das partes contratantes assume, assim, relevância extremada, ditando as regras de prestação e contraprestação na relação de trabalho sem a garantia de padrões mínimos, obtidos, vale lembrar, através de movimentos dos trabalhadores organizados desde meados do século XIX."

Gostaria de esclarecer uma dúvida ; Estou na empresa para a qual trabalho á 15 anos e tenho um documento que me autoriza a conduzir a viatura da empresa que me foi atribuida para uso proffisional e pessoal incluindo férias e fins de semana. Em junho de 2019 apresentei a minha carta de demissão e neste momento estou a gozar férias. DIREITO DO TRABALHO I PROGRAMA Turma de Dia Luís Menezes Leitão CAPÍTULO I - INTRODUÇÃO 1.

Economize comprando em lojas confiáveis! trabalho e justa causa de despedimento por violação dos deveres de lealdade, respeito e defesa do bom nome da empresa empregadora) ... Informação e Comunicação: contributo para um estudo dos limites do poder do controlo ...

LIVROS RELACIONADOS