Contabilidade Básica - 17ª Ed. 2016

Contabilidade Básica - 17ª Ed. 2016 - Neves,Silverio das Viceconti,Paulo Eduardo V. | Tagrny.org PDF, TXT, FB2. ePUB. MOBI. O livro foi escrito em 2021. Procure um livro em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Neves,Silverio das Viceconti,Paulo Eduardo V.
DIMENSÃO
9,6 MB
NOME DO ARQUIVO
Contabilidade Básica - 17ª Ed. 2016.pdf
ISBN
1984766805156

DESCRIÇÃO

Construído com uma linguagem clara e acessível, Contabilidade básica chega a sua 17ª edição mantendo a proposta que o transformou em sucesso editorial: apresentar noções introdutórias, porém essenciais, sobre o tema, sem perder de vista o rigor técnico e a aplicação dos conceitos apresentados. Atualizado com as modificações ocorridas nas Normas Brasileiras de Contabilidade, resultantes do processo de convergência para as normas internacionais, o livro trata de todos os temas de interesse dos estudantes e profissionais da área, dentre os quais destacam-se: -Nova forma de apresentação do Balanço Patrimonial e da Demonstração de Resultado. -Extinção dos grupos do Ativo Diferido e do Resultado dos Exercícios Futuros e criação do grupo Ativo Intangível no Balanço Patrimonial. -Extinção das Reservas de Capital de Prêmio na Emissão de Debêntures e de Subvenções e Doações Governamentais, reconhecendo seu caráter de receita e possibilitando a conversão desses ingressos em Reservas de Lucros. -Substituição da Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos (DOAR) pela Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC). -Instituição da obrigatoriedade da elaboração da Demonstração do Valor Adicionado (DVA) para as companhias abertas. -Instituição de novos critérios de avaliação dos ativos e passivos, com destaque da implantação do conceito de valor justo desses elementos do patrimônio e dos ajustes de avaliação patrimonial e dos ajustes a valor presente. -Introdução do teste de recuperabilidade de ativos (impairment test). -Nítida separação da escrituração contábil da forma de apuração da base de cálculo dos tributos incidentes sobre o lucro e o faturamento, com a instituição do Regime Tributário de Transição (RTT). -Nova definição do conceito de empresa coligada. -Introdução às modificações produzidas pela Lei nº 12.973, de 2014, normatizadas pela IN RFB nº 1.515, de 1984, e suas alterações.
LIVROS RELACIONADOS