Edição antiga - O Roteirista - Uma Fábula Vulgar

Edição antiga - O Roteirista - Uma Fábula Vulgar - Pinheiro,Vinícius | Tagrny.org Temos o prazer de apresentar o livro. . Baixe o livro. em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Pinheiro,Vinícius
DIMENSÃO
4,61 MB
NOME DO ARQUIVO
Edição antiga - O Roteirista - Uma Fábula Vulgar.pdf
ISBN
6759080513962

DESCRIÇÃO

Um balconista de farmácia, uma vidinha sem graça e quaisquer perspectivas, um namoro frio e raros momentos de diversão bebendo com os amigos. Esta é a rotina de Alberto Franco, protagonista do romance de estréia do jornalista Vinícius Pinheiro, "O Roteirista - uma Fábula Vulgar", que, sem o menor talento para qualquer posto dentro de uma produção cinematográfica, só vê um jeito para não largar a faculdade: tornar-se o melhor roteirista da história do cinema. Sua fama, porém, se espalha antes mesmo de ter escrito sequer uma linha do Roteiro, como passa a ser cha­ma­do, de maneira quase messiânica.Em paralelo à confusão em que se meteu, Franco conhece Camila. Num turbilhão, ela muda sua rotina por completo, levando-o a questionar a canalhice cotidiana que leva - envolvendo-se a cada semana com uma menina, apesar do quase casamento com Lúcia - e a querer, enfim, dar um rumo em sua vida e, talvez, conseguir escrever o Roteiro para o qual a faculdade já se prontificou a financiar a filmagem. Segundo Vinícius Pinheiro, "Franco não passa de um cara como outro qualquer, embora essa seja a última coisa que ele deseja ser". Um romance, portanto, que mostra a luta do protagonista em busca de uma identidade - ainda que inventada por ele mesmo.

Nesta masterclass, Gabriela traçará paralelos entre os processos de criação de narrativas audiovisuais ficcionais de diferentes formatos - partindo do curta-metragem, passando pelo longa-metragem ... O que há de comum em todas essas fábulas?". "São todos animais, têm sentimentos humanos, são histórias curtinhas que têm uma moral", responderam.

Na aula seguinte, o professor apresentou a fábula A Cigarra e a Formiga e duas adaptações do texto feitas por Monteiro Lobato: A Cigarra e a Formiga Boa e A Cigarra e a Formiga Má. Sua origem é um mistério cercado de muitas lendas. Mas, pode ter ocorrido por volta do ano 620 A.C.

LIVROS RELACIONADOS