Relacionamento com Filhos Adultos

Relacionamento com Filhos Adultos - Peel,Kathy | Tagrny.org Temos o prazer de apresentar o livro. . Baixe o livro. em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Peel,Kathy
DIMENSÃO
8,81 MB
NOME DO ARQUIVO
Relacionamento com Filhos Adultos.pdf
ISBN
1960426587945

DESCRIÇÃO

Por razões econômicas, falta de oportunidade profissional, segurança e qualidade de vida, cresce o número de jovens e adultos que resistem a sair da casa dos pais para iniciar uma vida pessoal e profissional independentes. Assim, de acordo com Kathy Peel, "os pais precisam passar por um novo aprendizado de como devem se relacionar com seus filhos adultos". Para ajudar nessa nova etapa da vida dos pais, a autora se utiliza de suas três décadas de experiência profissional e pessoal orientando-os na árdua tarefa de fazer com que os filhos se tornem adultos de sucesso."Relacionamento com Filhos Adultos" oferece, em cada capítulo, idéias inspiradoras, bem como regras úteis do que fazer e do que não fazer. Assim, você aprenderá a:Aceitá-los e ajudá-los na busca de seus objetivos, reconhecê-los como adultos, preparar seus filhos para deixar o ninho e seguir por suas próprias pernas, dar apoio sem se tornar uma mãe ou um pai em período integral, novamente, lidar com sogros difíceis, ser uma ótima avó e manter sua família unida, à medida que ela aumenta.

Parece muito simples, mas a relação que temos com nossos filhos crescidos, principalmente os que já têm famílias, está longe de ser fácil. Além da relação com nossos próprios filhos adultos, também atuo como conselheiro bíblico no Instituto de Aconselhamento e Discipulado Bíblico (IBDC, na sigla em inglês) em Escondido, na Califórnia. Ao longo dos últimos anos, lido com uma grande porcentagem de casos que envolvem conflitos entre pais e filhos adultos. Como Fazer seu Filho Adulto se Mudar.

Este livro ajuda a entender quando e como você deve continuar ou dar o apoio emocional e financeiro a seus filhos adultos. Ele pode ser adulto pela idade, por ser independente financeiramente, ser casado ou ter filhos, ter maturidade emocional. É algo que varia de família e cultura", explica a psicóloga Vitória Baldissera.

LIVROS RELACIONADOS