O Código Shakespeare - a Misteriosa Autoria da Obra Shakespereana

O Código Shakespeare - a Misteriosa Autoria da Obra Shakespereana - M. Fellows,Virginia | Tagrny.org Leia o livro. direto no seu navegador. Baixe o livro. da existência em formato PDF, TXT, FB2 no smartphone. E muito mais em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
M. Fellows,Virginia
DIMENSÃO
5,1 MB
NOME DO ARQUIVO
O Código Shakespeare - a Misteriosa Autoria da Obra Shakespereana.pdf
ISBN
5662948005896

DESCRIÇÃO

Em outubro de 1623, Francis Bacon desenvolveu um método novo de escrita por códigos. Um mês depois, o Primeiro Fólio de William Shakespeare foi publicado. Seria a proximidade dessas datas um mero capricho do destino? E mais: como um homem de origem provinciana e sem formação universitária poderia dominar um vocabulário de mais de 20 mil palavras e ainda demonstrar profundos conhecimentos em áreas tão distintas como história, astronomia, medicina e direito? A real identidade de Shakespeare e a autoria de sua obra são temas controversos, antigos e muito conhecidos no meio acadêmico. A possibilidade de desconhecermos o verdadeiro escritor por trás de clássicos como Romeu e Julieta, Hamlet e Othelo pode soar como teoria da conspiração ou como uma grande farsa. No entanto, para os estudiosos de Shakespeare, essa é uma questão legítima e fascinante exatamente porque permanece sem resposta. O código Shakespeare revela a linguagem cifrada presente na obra do maior dramaturgo inglês e de outros autores de seu tempo. Por mais de 250 anos, os códigos foram mantidos em segredo e algumas pessoas foram severamente repreendidas por ousar falar sobre os mistérios que eles guardavam. Os códigos revelam uma trama explosiva de assassinato, escândalo, corrupção e mentiras.

O autor ajuda o leitor a se aproximar das tragédias de Shakespeare por meio de sua comparação entre os elementos da tragédia grega e a tragédia shakespeariana, destacando as características próprias da obra de Shakespeare. Esta intertextualidade com a obra de Shakespeare divide-se em duas vertentes de análise: a primeira é a assimilação que o leitor faz, logo de início, entre o título místico do conto e a conotação misteriosa da frase, isto é, fica-se com a impressão de que o conto vai pender para o lado místico, misterioso; em uma segunda interpretação, o próprio enredo de "Hamlet" (a ... O reconhecimento da participação de Marlowe em parte da obra de Shakespeare acabaria com as teorias de que eles poderiam ser a mesma pessoa e também com suposições que questionam as autorias ... Shakespeare é o maior escritor da língua inglesa. É o maior tesouro literário da Inglaterra.

A peça inicia com uma cena tensa: tempestade, relâmpagos e trovões. Estando presente um navio no meio da tempestade. O trabalho é de autoria do Professor (aposentado) Elvio Funck, da UFGRS e Unisinos.

LIVROS RELACIONADOS