Ganhei Mais Vida ! - O que Fazer com a Longevidade ?

Ganhei Mais Vida ! - O que Fazer com a Longevidade ? - Rosnay,Joel de | Tagrny.org Temos o prazer de apresentar o livro. . Baixe o livro. em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Rosnay,Joel de
DIMENSÃO
4,63 MB
NOME DO ARQUIVO
Ganhei Mais Vida ! - O que Fazer com a Longevidade ?.pdf
ISBN
1906603291235

DESCRIÇÃO

A humanidade acaba de ganhar um presente fabuloso: uma vida a mais! Quinze a vinte anos de bonificação, devidos aos recentes progressos da medicina e da ciência. E o que é ainda melhor: podemos gastar esse suplemento de existência gozando de boa saúde, e até mesmo em boa forma, como uma segunda adolescência, entre 60 e 75 anos. Como? Num diálogo incisivo, os autores - renomados escritores, jornalistas e estudiosos franceses - exploram essa revolução em três frentes: o corpo, o espírito e a sociedade. É um livro dedicado a pessoas de todas as idades, que serve como apelo à nossa responsabilidade individual e coletiva, e um manifesto humanista a favor de vivermos muito tempo, permanecendo realmente vivos. O cientista Joël de Rosnay escreve sobre o corpo: por que envelhecemos? Como nosso organismo "enferruja"? Pode-se retardar o inevitável? Depois, Jean-Louis Servan-Schreiber, escritor especializado em psicologia, trata do espírito: que sentido dar a essa nova idade? Que atitude adotar em relação aos outros? Até que ponto resistir ao próprio destino? E, por fim, François de Closets, ensaísta e jornalista, aborda a questão da sociedade: é legítimo ver idosos cheios de vitalidade adquirirem o direito à ociosidade? Que conseqüências isso tem para as gerações futuras? Como evitar um enorme problema?Ganhei Mais Vida! é um manual imprescindível para quem sabe que é preciso estar sempre aprendendo a viver: todos aqueles que já são idosos e também aqueles que, acumulando sabedoria, seguem rumo a essa nova etapa da existência humana.

Claro, que nem tudo depende exclusivamente de você, mas há pequenas coisas que podemos introduzir à nossa vida que têm potencial de fazer uma grande diferença. O próprio estudo da Lancet assinala os mais óbvios: se é certo que os ganhos em longevidade se ficam a dever às melhorias do estatuto económico e do capital social, incluindo a educação ... A expectativa de vida consiste na estimativa em números de anos que esse indivíduo pode viver, já a longevidade é o prolongamento da vida, ou seja, quando a idade é alcançada acima da média. A pessoa mais longeva do mundo foi a francesa Jeanne Calment (1985-1997) que viveu 122 anos e 164 dias. Manter-se competitivo em um mundo de longevidade sem precedentes exige que as organizações adotem novas estratégias para se envolverem com talentos mais velhos.

A pessoa mais longeva do mundo foi a francesa Jeanne Calment (1985-1997) que viveu 122 anos e 164 dias. Manter-se competitivo em um mundo de longevidade sem precedentes exige que as organizações adotem novas estratégias para se envolverem com talentos mais velhos. As suposições tradicionais - que o aprendizado termina na casa dos 20 anos, a progressão na carreira termina na dos 40 e o trabalho termina na dos 60 - não são mais precisas ou sustentáveis. A receita da longevidade: sete atitudes para viver mais e melhor Comer peixe e nozes, beber café e se casar são alguma das medidas que, comprovadamente, aumentam a expectativa de vida O princípio básico para se viver mais e com qualidade é alimentar-se corretamente.

LIVROS RELACIONADOS