Não Lembro De Nada E Outros Papos Da Idade Madura

Não Lembro De Nada E Outros Papos Da Idade Madura - Ephron,Nora | Tagrny.org Temos o prazer de apresentar o livro. . Baixe o livro. em PDF, TXT, FB2 ou qualquer outro formato possível em tagrny.org.

EM FORMAÇÃO

AUTOR
Ephron,Nora
DIMENSÃO
11,2 MB
NOME DO ARQUIVO
Não Lembro De Nada E Outros Papos Da Idade Madura.pdf
ISBN
3678721008707

DESCRIÇÃO

A jornalista, roteirista e escritora norte-americana Norah Ephron sempre procurou o lado mais engraçado da vida para mostrar em seus trabalhos. A sofisticação e o bom humor seguem como suas principais características, mas um leve toque melancólico também atravessa as páginas de Não me lembro de nada – E outros papos da idade madura. Aos setenta anos, a autora, que já revelou as agruras do envelhecimento com ironia e bom humor no bestseller Meu pescoço é um horror, agora usa seu talento, sensibilidade e sinceridade para falar sobre os efeitos da passagem do tempo sobre a memória. E se revela dependente do Google, “o mago da internet”, a quem recorre com frequência quando ela, a memória, falha.É nesta fase de esquecimentos – de objetos e da fisionomia de pessoas, inclusive as mais próximas – que voltam, com bastante clareza, as recordações de outras épocas, como a infância em Hollywood, o trabalho no jornalismo e o encontro com figuras célebres, como a escritora Lilian Hellman, com quem manteve amizade durante muitos anos. As referências a artistas, intelectuais e políticos estão por todo o livro. Não só Nora conviveu com a comunidade hollywoodiana, como também foi jornalista em Nova York e Washington.Se a especialidade da escritora é a criação de comédias românticas como Harry e Sally – feitos um para o outro, que a tornou famosa, e as situações engraçadas, mesmo com um toque de humor macabro, como no livro O amor é fogo, baseado em sua separação do jornalista Carl Bernstein, a verve irônica agora divide espaço com uma certa nostalgia, e momentos dolorosos se sobrepõem a situações cômicas em algumas crônicas. Mas o tom é sempre o de quem sabe que rir de si mesmo é o melhor remédio, inclusive para o envelhecimento.Rompimentos por conflitos familiares aparecem em relatos vívidos, como o alcoolismo da mãe ou a mágoa com a irmã que a exclui de uma partilha de bens. Há também momentos de dor na morte de uma grande amiga, o desinteresse pelas novidades – de seriados de televisão a drinques –, além de um belo relato sobre sua iniciação na carreira jornalística. O amor por Nova York, a cidade onde escolheu viver, também é declarado neste texto – duro, ao descrever as agruras de uma jovem lutando para marcar sua posição em um mundo masculino, porém comovente, ao externar sua paixão pela profissão.É refletindo sobre as situações corriqueiras do dia a dia que Nora Ephron transforma suas crônicas numa elegia à vida, superando dores, tristezas e os impedimentos da velhice com elegância e, acima de tudo, bom humor.

As vezes tenho sonhos estranhos que eu acho que são minhas ... Maturidade não é só questão de idade. Existem crianças de seis anos que são mais maduras do que muitos velhinhos de 80 anos.

Seu conhecimento da Palavra de Deus é compreensivo, sua capacidade de ajudar outros é eficaz e sua aplicação dos princípios bíblicos à sua vida é exemplar. Pra referência, eu lembro de gostar do primeiro livro da saga Percy Jackson quando eu era mais nova, aquele livro paradidático "O Corpo Morto de Deus" e também algumas fanfics muito DOIDAS sobre viagem no tempo no universo Star Wars. Depois dessa época, não li mais quase nada.

LIVROS RELACIONADOS